Teatro Livre e Projeto Seis e Meia


Nestes Projetos o Teatro Contemporâneo e as novas possibilidades da dramaturgia do corpo/ator, vinculados à formação ética e estética do artista-cidadão, estão presentes como eixo norteador das ações. O diferencial, em termos dos beneficiários é a idade de cada turma: há grupos de crianças, de jovens e de adultos, de “todos os tipos e jeitos”, sempre priorizando inclusão e diversidade, com respeito às diferenças.
Entre as metas de cada turma: fazer da arte teatral a principal atitude para a inclusão social, a convivência e a percepção das diferentes potências de cada individuo, estimulando o trabalho em grupo e cooperativo. Saber ouvir, trocar idéias, elaborar propostas, mudar de ideia, mudar novamente, somar experiências, criar, fazer e refazer… estes verbos estão presentes cotidianamente nos encontros.
Oportunamente e sob demanda, a inclusão no mercado de trabalho também faz parte das metas.

Com o grupo de crianças, o lúdico, a exploração do corpo e suas possibilidades, o estímulo ao pensamento mágico e criatividade, estão presentes a todo momento, tendo na literatura uma importante ferramenta de estímulo ao fazer. O contato e o manuseio de obras literárias acompanha todos os encontros, somados a exercícios corporais e trabalho em grupo e colaborativo. Momentos riquíssimos em cooperação, propriocepção e percepção de direitos, deveres, troca e sociabilidade.

Com o grupo de jovens, a ética das relações, a função social do ator, a história do teatro, enfim: o processo permanente de aprendizado, são trabalhados através de exercícios de consciência corporal, relaxamento, leitura de textos, pesquisa, interpretação e debates. No processo alguns dos beneficiários têm a oportunidade de participar de montagens junto ao Grupo Orgone de Arte e das noites interativas de Festas Rolidei. Momentos também especialmente ricos no que refere a auto estima, propriocepção, aumento da qualidade relacional e da percepção de direitos, deveres e papel no mundo em que estão inseridos.

No grupo de adultos há uma denominação que nasceu de sua própria origem: o horário é estrategicamente um happy hour, pois inicia após o dia de trabalho formal, assim, denomina-se: “Projeto SEIS E MEIA”. É uma forma de agenciar as relações humanas por meio da arte e de “acordar” a criação em pessoas cujo cotidiano já está cristalizado, nas atividades diárias do trabalho, na universidade, no dia-a-dia, enfim, que faz dos adultos pessoas “endurecidas” pela própria vida. No grupo, atividades como exercícios de consciência corporal, equilíbrio, ritmo, jogos relacionais e dramáticos, leitura de textos, pesquisa e debates, entre outras. A principal contribuição para quem participa é o aumento da qualidade de vida e do “estado de felicidade” em profissionais atuantes ou já aposentados.

3 Commentsto Teatro Livre e Projeto Seis e Meia

  1. Carla Gaia disse:

    Gostaria de saber quando vai ser a próxima balada. Grata.

  2. Maria Fernanda disse:

    Olá! Tenho muita vontade de fazer parte do grupo de teatro de vocês!!! Tipo, muito mesmo!!!! Se houverem vagas ainda.. 🙂
    Aguardo ansiosissima uma resposta!!!

    • TamTam disse:

      Boa tarde Maria Fernanda,

      Para maiores informações a respeito de vagas nos cursos de Teatro ligue de segunda à sexta-feira à partir das 15h no telefone (13) 97408-7395.

      Associação Projeto TAMTAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *